1ª Vivência de Constelações Sistêmicas na Justiça Criminal

As constelações colocaram frente a frente representantes do assassino e da vítima, do traficante antigo e do jovem traficante, bem como de seus familiares

IMG_3275No dia 19 de dezembro de 2013, realizou-se pela primeira vez uma vivência de constelações familiares na Justiça Criminal, com o tema “A Violência nas Famílias – Origens e Soluções”, para a qual foram convidadas as partes envolvidas (vítimas e agressores) em cerca de 80 processos da Vara Criminal da Comarca de Amargosa originados de conflitos familiares, além de advogados, membros da polícia, do Conselho Tutelar, do CRAS, do CAPES e do CREAS. O evento foi divulgado na imprensa local e contou também com a presença de outras pessoas interessadas, que compareceram espontaneamente.

O evento lotou o Salão do Juri da Comarca de Amargosa/BA

O evento lotou o Salão do Juri da Comarca de Amargosa/BA

O salão do juri ficou lotado com a presença de 110 pessoas, das quais 66 disseram estar envolvidas em processos da Justiça Criminal (29 como réus e 37 como vítimas); outras 7 disseram estar ali por serem familiares de réus ou vítimas; e 37 disseram ter interesse pessoal ou profissional, apesar de não terem envolvimento direto em fatos que resultaram em processos criminais.

Depois de lotado o salão, outras tantas pessoas que continuaram chegando não puderam entrar, e lhes foi prometido que em breve haverá outras atividades semelhantes.

O juiz Sami Storch, titular da Vara Criminal da Comarca de Amargosa, iniciou os trabalhos com uma palestra sobre Bert Hellinger, as constelações familiares e a visão sistêmica da violência, na qual foram tratados temas como as ordens sistêmicas dos relacionamentos, os fatos do passado familiar que podem levar alguém a envolver-se em atos de violência como agressor ou vítima e a explicação de Bert Hellinger sobre a consciência boa e má, decorrente da lealdade de cada um ao seu sistema familiar.

Em seguida foi feita uma meditação, onde as pessoas puderam se visualizar incluindo e acolhendo os excluídos da sua própria família e também olhar para o sistema familiar do outro, sentindo os efeitos dessa inclusão.

Meditação permitiu que cada pessoa presente visualizasse sua própria constelação familiar

Meditação permitiu que cada pessoa presente visualizasse sua própria constelação familiar

Depois, foi explicado o procedimento das constelações e proposto que os profissionais presentes apresentassem questões com as quais estivessem lidando, para que pudéssemos observar as dinâmicas sistêmicas envolvidas por meio da colocação da constelação.

Representantes vivenciam o encontro de um filho com seu pai assassinado

Representantes vivenciam o encontro de um filho com seu pai assassinado

Foram colocadas duas constelações. A primeira, apresentada por uma promotora de justiça, dizia respeito a uma mulher acusada de abandono e maus tratos contra o filho. Foram colocados representantes para os dois, que não conseguiam se olhar. Com o desenvolvimento da constelação, mostrou-se que aquela família estava sofrendo as consequências do assassinato do pai do garoto, e depois de serem incluídos representantes do pai e do assassino, a mãe e o menino puderam finalmente se olhar como mãe e filho.

Constelação demonstrou a dinâmica familiar que tornou o jovem vulnerável diante do tráfico de drogas

Constelação demonstrou a dinâmica familiar que tornou o jovem vulnerável diante do tráfico de drogas

Através de representantes, vimos o efeito da inclusão dos familiares e do correto posicionamento do Conselho Tutelar. Na foto, jovem se defronta com o traficante.

Através de representantes, vimos o efeito da inclusão dos familiares e do correto posicionamento do Conselho Tutelar. Na foto, jovem se defronta com o traficante.

A segunda questão foi trazida por uma conselheira tutelar e tratava de um jovem envolvido com o tráfico. A colocação de representantes para o rapaz e sua família de origem, incluindo a mãe esquizofrênica (já falecida) e o pai que ele não conheceu, lhe deu firmeza e segurança. Colocamos também um representante para um traficante, e foi surpreendente observar como foi necessário que o garoto assumisse uma postura de respeito e gratidão em relação ao traficante para que este se afastasse.

Por enquanto, deixo os leitores com esses resumos. Em breve divulgaremos as datas das próximas vivências de constelações na Justiça, e os que tiverem interesse em participar serão bem vindos!

Sobre Sami Storch

Juiz de Direito no Estado da Bahia, atualmente em exercício na Comarca de Itabuna. Graduado na Faculdade de Direito da USP, Mestrado em Administração Pública e Governo (EAESP-FGV/SP) e Doutorando em Direito na PUC-SP, com tese em desenvolvimento sobre o tema "Direito Sistêmico: a resolução de conflitos por meio da abordagem sistêmica fenomenológica das constelações familiares". Cursei diversos cursos de formação e treinamentos em Constelações Sistêmicas Familiares e Organizacionais segundo Bert Hellinger e hoje coordeno e leciono no Curso de Pós-Graduação Hellingerschule de Direito Sistêmico pela Faculdade Innovare. Desde 2006, venho ministrando palestras e workshops de constelações familiares e obtendo altos índices de conciliações com a utilização dos princípios e técnicas das constelações sistêmicas para a resolução de conflitos na Justiça. Meu foco é a aplicação prática, no exercício das atividades judicantes, dos conhecimentos e técnicas das constelações familiares. O objetivo é utilizar a força do cargo de juiz para auxiliar na busca de soluções que não apenas terminem o processo judicial, mas que realmente resolvam os conflitos, trazendo paz ao sistema. Contato: direitosistemico@gmail.com
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

36 respostas para 1ª Vivência de Constelações Sistêmicas na Justiça Criminal

  1. Zenir de Figueiredo Steffens disse:

    Fantástico! Parabéns aos facilitadores, constelados, autoridades, e demais participantes desse evento! Eu Eu e meu marido Octávio Steffens tivemos oportunidade de participar de palestras e terapias de Constelações Familiares em Pinhalzinho\SC, com a facilitadora Ananda Trisha e seus auxiliares, como Profa. de Yoga, Nair, Enfermeira Celei Rodrigues da Silva, Dona Maria Floos, Irmã Olinda Steffens (em memória) e outros.
    Vimos estas terapias como meio muito importante para auxiliar as famílias a reverem o relacionamentos e encontrarem-se consigo mesmo.

    CARINHOSOS ABRAÇOS A TODOS! Zenir de Figueiredo Steffens & Octávio Steffens

    Curtir

  2. Sami, o que você está fazendo é emocionante, belo, saudável e tremendamente inovador. Que teu exemplo repercuta e motive muitos a seguir por esse caminho.
    Parabéns!!!

    Curtir

  3. Não me parece Constelação de Bert Hellinger e sim Psicodrama de Jacques Moreno ou psico Escultura de Virginia Satir. A constelação Familiar Sistêmica de Bert Hellinger trabalha com o cliente e o seu campo morfogenético. Cada pessoa tem o seu campo morfogenético pessoal e não é coletivo. Quando ele analisa coletividades, como países por exemplo, ele está explicando e não Constelando. Me desculpem por favor, que é apenas uma colocação pessoal de um constelador que foi constelado por Bert Hellinger e não está escrevendo para criar polêmica.. Obrigado. Ivan Lima de
    http://www.facebook.com/ivanlimaconsteladores

    Curtir

    • Sami Storch disse:

      Caro Ivan, não sei de onde você achou que não parece constelação, mas talvez tenha partido de alguma presunção equivocada… Minha formação é mesmo em constelações, e não conheço bem o psicodrama ou a psicoescultura. Se não ficou claro no meu post, esclareço que trabalho mesmo a partir de questões pessoais que são colocadas.

      Parabéns por ter sido constelado por Bert, deve ter sido mesmo especial. Também me foram de grande valor as constelações que fiz com ele e com Sophie e as orientações que Bert me deu, inclusive sobre meu projeto de usar constelações na Justiça.

      Abraços,
      Sami

      Curtir

  4. maria augusta de vasconcelos disse:

    Parabéns, mesmo, eu sempre acreditei que ainda esperança de que reinará no corações dos amor puro…..incondicional e viveremos dias muiiiitos melhoros.

    Curtir

  5. Fantástico! Novos tempos: um Juiz de Direito e ser humano ímpar, disposto a fazer além da magistratura…em prol dos necessitados. Quantas mudanças acontecerão nessas pessoas envolvidas e nos seus descendentes também. Parabéns pela iniciativa e comprometimento.

    Curtir

  6. Angela Maria Rasmussen disse:

    Obrigado por acreditar e levar o maior de todos os sentimentos. O sentimento que acolhe, espalha esperanças abrindo novos caminhos.

    Curtir

  7. adoraria que o pessoal de são paulo iniciasse um trabalho semelhante, por isso de consteladora estou estudando direito pra ter acesso a esse portal

    Curtir

  8. Hamilton Guima disse:

    Parabéns por ter dado um passo para trás e assim ter a oportunidade de enxergar Macro. Que todos nós possamos reorganizar nossos Sistemas Familiares e assim estarmos bem em Sociedade. Que seja o primeiro de muitos e que o exemplo possa ser seguido não só nas questões familiares ou jurídicas, mas quem sabe nas lideranças do nosso Brasil.

    Curtir

    • Sami Storch disse:

      Caro Hamilton, o potencial das constelações é imenso na área jurídica e também na administração pública. Apesar de existirem resistências às inovações, tenho encontrado apoio dos que têm contato com o método e acredito que a tendência é de expansão. Grato pelo incentivo!

      Curtir

      • Hamilton Guima disse:

        Dr Sami, quero lhe perguntar algumas coisas em que fiquei pensando após ler e reler a matéria, porém gostaria que fosse mais em “particular”. Não é uma consulta jurídica, mas uma curiosidade de relacionar o método com as questões do posicionamento da Lei em relação ao que a Constelação mostra. Sou Constelador também por isso a minha curiosidade. Se possível, claro. hamiltonguima@ig.com.br

        Curtir

  9. Tania Camargo disse:

    Soy psicóloga de la justicia en Uruguay y también trabajo con las CONSTELACIONES FAMILIARES en en ámbito jurídico, área de aplicaciòn incipiente en nuestro país. Quedo a las órdenes y deseosa de recibir informaciòn de ustedes. Tania Camargo.

    Curtir

    • Sami Storch disse:

      Olá Tania, fico feliz que também no Uruguai as constelações estejam se expandindo no âmbito jurídico. Com certeza, o potencial nessa área é imenso. Tenho divulgado um pouco do meu trabalho neste blog e no facebook (pode me procurar por lá). E você, pode me contar algo do seu trabalho? Como tem usado as constelações, que resultados tem obtido?

      Curtir

  10. Sissy Veloso Fontes disse:

    Exmo Sr. Juíz de Direito do Estado da Bahia Sami Storch, o parabenizamos pela louvável iniciativa de introduzir uma prática de Cuidado Integrativo na área de direito de maneira a despertar a consciência em relação à resolução de sérios conflitos sociais pela Ordem do Amor, da Honra e do Respeito. Sou Coordenadora do Curso de Pós-graduação em Teorias e Técnicas em Cuidados Integrativos da Universidade Federal de São Paulo, 1o. curso da América Latina que traz uma formação transdisciplinar (para profissionais da saúde, educação, e outras áreas como arquitetura, administração, direito, etc.) sobre a interface entre saúde e educação que tem como política a das Práticas Integrativas e Complementares do SUS e a Educação e Cultura de Paz, Nesse curso temos advogados como alunos, temos a Constelação como um dos temas a serem desenvolvidos na prática do módulo de psicologia e, também tivemos a oportunidade de desenvolver trabalho científico sobre Constelação Familiar Sistêmica por uma de nossas alunas psicóloga. Solicitamos a gentileza de enviar notícias sobre o desenvolvimento de seu trabalho pioneiro na área jurídica nacional para que possamos divulgar aos nossos pares. Enviamos nossas melhores vibrações de sucesso e prosperidade em seu projeto. Temos investido esforços em educação e pesquisa em procedimentos inovadores na tentativa de melhorar as condições humanas de nossa sociedade paulistana, de maneira a contribuir para a construção de um mundo melhor, com menos violência, mais saúde, educação e Paz.
    Att.
    Profa. Dra. Sissy V. Fontes (PhD, PT)
    Departamento de Neurologia e Neurocirurgia
    Universidade Federal de São Paulo

    Curtir

  11. Luciana disse:

    Simplesmente maravilhoso. É gratificante saber que existem pessoas como você nesse mundo. Obrigada.

    Curtir

  12. Lorena Rodigheri disse:

    Um dia eu desejei que essa prática fosse colocada a dispisição, para levar um novo olhar sobre o tema e, chamar a atenção das pessoas e da sociedade a uma nova tomada de conciência, e eis que acabo de ler que alguém com ideal, coragem e audácia inicia um movimento de cura. Parabéns pela iniciativa.
    AS PESSOAS SÓ AGEM CONTRA SI, POR IGNORAREM O QUE AS LEVA A ESTE COMPORTAMENTO, CONSCIÊNCIA É SOLUÇÀO.

    Curtir

  13. Regina Peres disse:

    Dra. Sami espero que sua corajosa iniciativa seja reconhecida e aplicada em todo o Brasil. Sou advogada e consteladora e espero ver com a contribuição dessa prática um Brasil melhor, um mundo melhor, agora.

    Curtir

  14. Parabéns caro Juiz! Essa iniciativa foi maravilhosa! Você está afetando positivamente um campo morfogenético endurecido e distorcido há séculos. Vejo na sua ação uma indiscutível formação de massa crítica capaz de modificar o próprio senso de justiça no qual estamos mergulhados. Deus abençoe sua coragem, porque somente com muita coragem para investir em algo assim, neste local! Também sou consteladora e honro profundamente sua iniciativa!

    Curtir

  15. Nossa! Dr. Samir, o seu amor e coragem me sensibilizam! Parabéns por buscar não só compreender o ser humano mas ajudar verdadeiramente. abraço.

    Curtir

  16. Caro Juiz, que felicidade saber disso, aplicar a
    Constelação na Justiça, que Deus o abençoe.
    Lourdes

    Curtir

  17. Fabiana disse:

    Que alegria ler uma notícia tão emocionante. Parabéns, isso que vc faz é Fantastico! Que Deus te ilumine imensamente e lhe de força para continuar seu trabalho de luz.

    Curtir

  18. Sani Medeiros disse:

    Sensacional!!!!

    Curtir

  19. MARIA LÚCIA FALCÃO VASCONCELLOS disse:

    Olá Sami
    Fui sua colega nos avançados do Bert em Poços de Caldas.
    Sou grata a você por esse trabalho tão inovador, profundo e com uma verdadeira possibilidade de mudança nas famílias e consequentemente na grande família dos humanos: na sociedade.
    Você é corajoso, ousado, determinado e principalmente solidário e amoroso.
    Me sinto orgulhosa de ter um colega Constelador como você!
    Parabéns!
    Quem sabe, ainda vou ai participar de um dos seus trabalhos.
    Abraço grande
    Maria Lúcia Falcão Vasconcellos

    Curtir

  20. Luciana Del Pezzo disse:

    Sou assessora na área criminal do Ministério Público Federal há 15 anos. E na minha vida pessoal também já constelei. Fiquei surpresa e emocionada ao ver essa prática inserida nos conflitos da Justiça. Parabéns à Vossa Excelência pela coragem e pela iniciativa, que certamente ajudará a quem precisa, trazendo a própria vida para os trilhos!

    Curtir

    • Sami Storch disse:

      Olá Luciana,

      Grato pelo incentivo! É mesmo bonito de ver os efeitos desse trabalho na área em que trabalhamos, em que é tão importante buscar soluções que alcancem a raiz dos conflitos. Vamos trabalhar para difundir a visão sistêmica em nosso meio.

      Abs,
      Sami

      Curtir

  21. Alba Valéria Malaquias Bastos disse:

    Dr. Sami, sou advogada de Irecê aqui na Bahia, fiz o Curso Crescendo em Nossos Relacionamentos o ano passado com Peter Spelter e estou fazendo Formação em Constelação Familiar em São Paulo, também com Peter Spelter. Eu ia adorar trabalhar na sua Comarca, pena que Irecê fica um pouco distante de Amargosa. Seu trabalho já está sendo reconhecido por muitos. Parabéns.

    Curtir

    • Sami Storch disse:

      Olá Alba, que bom saber que em Irecê tem uma advogada se formando em constelações. Com certeza, a comunidade de Irecê tem muito a ganhar com a nova visão que você pode ajudar a difundir na região. Amargosa não é tão longe assim… No próximo dia 30 de abril faremos a próxima vivência de constelações no fórum, desta vez com foco nas famílias dos adolescentes autores de atos infracionais. Se puder vir, será bem vinda. Abs!

      Curtir

  22. Valmira Guedes disse:

    É um processo fantástico e profundo de resolução de conflito sistêmico. Parabens ao dr Sami pela coragem de ousar.

    Curtir

  23. Emmanuella Bello disse:

    Boa noite Dr. Sami,
    Sou Promotora de Justiça no Maranhão e tenho muito interesse em fazer um projeto de desenvolvimento pessoal com adolescentes em conflito da Lei e dentro desse projeto utilizar a Terapia Sistêmica. Gostaria de ter mais informações práticas sobre a Terapia Sistêmica para melhor montar esse projeto. Como posso entrar em contato com o senhor? Obrigada

    Curtir

  24. fernando disse:

    Parabéns dr, bela iniciativa o direito presisa desapegar mais do fato tipificado entrar mais no campo das constelaçoes sistemicas e buscar a soluçao para o conflito no lato sensu.tanto na area civil,como na area penal empresarial e outros segmentos do direito….

    Curtir

  25. Pedroluizpolatto@gmail.com disse:

    Parasbens aos consteladores. Q aumente os profissionais para cair o preço .
    Tudo pra melhorar a vida da gente.

    Curtir

  26. Pingback: Artigo descreve modelo original de prática de constelações na Justiça e aplicabilidade do Direito Sistêmico | Direito Sistêmico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s